segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

RESPONSABILIDADE DA MÍDIA PROFISSIONAL

Meraldo Zisman (*)
Médico-Psicoterapeuta
O Brasil ainda não se encontra devidamente estruturado do ponto de vista cultural. Com o advento da Internet, a responsabilidade do jornalismo profissional aumenta cada vez mais, pois é sabido que as notícias mais importantes são vinculadas através da Mídia Profissional. Muito embora 75% das notícias lidas na internet venham de compartilhamentos via E-mail ou redes sociais (Pew Research Center), na eleição passada (2014), para presidente da República, 61% das notícias tiveram origem jornalística, segundo pesquisa Datafolha.
Aparentemente, os ventos estão a favor da internet, facebook, tweeters, WhatsApp, e de outros dispositivos que irão aparecer, com toda certeza, trazendo novidades agregadas. Todavia, será que a mídia profissional está cedendo lugar para as denominadas mídias sociais? Acredito que elas sejam complementares. As redes denominadas sociais seguem a moda que dita a TV, os jornais e os noticiários empresariais ou governamentais.
No Brasil e em outros países a TV, o rádio, os jornais impressos e outros meios de comunicação ocupam um lugar destacado na informação ao grande público. Bastaria citar as novelas e os seus sucessos, que passaram a ser parte do imaginário dos brasileiros. Elas invadem os lares dos "nobres" e dos "pobres", e são assistidas em casas e apartamentos de luxo, favelas, mocambos, palafitas. Suas antenas são visíveis na maioria dos telhados das moradias. E algumas delas, inclusive, se dão ao luxo de evidenciar uma antena parabólica, bem como a TV a cabo por assinatura, como se isso fosse sinônimo de um "status quo". O grande desafio, entretanto, será, o de fazer delas (as novelas), algo de positivo, que exerça um papel importante na formação das pessoas.
Cautela com o que noticiam e – mais grave – com o que deixam de noticiar (omitem), senhoras e senhores jornalistas! O profissional de jornalismo não deve esquecer, que, quando bem praticada, não existe profissão mais bela e interessante, embora nenhuma outra exija maior talento, tato e vivacidade. Não ponham a culpa nas mídias sociais e não se eximam das vossas responsabilidades.
O escritor Lev Tolstoi (1862-1910) dizia: - Eu escrevo livros e sei o mal que podem causar!
Imaginem agora, com o enxame de parafernálias eletrônicas trazidas pelo Mercado!
(*) Professor Titular da Pediatria da Universidade de Pernambuco. Psicoterapeuta. Membro da Sobrames/PE, da União Brasileira de Escritores (UBE) e da Academia Brasileira de Escritores Médicos (ABRAMES). Consultante Honorário da Universidade de Oxford (Grã-Bretanha).

domingo, 17 de dezembro de 2017

O MOTOCICLISTA QUE QUASE CONSEGUIU O QUE ESPERAVA!


Nossa história começa com um jovem em uma loja de veículos à procura de uma moto usada. Já faz algum tempo que ele busca essa moto, enviando mensagens e respondendo a anúncios no jornal, mas sem muita sorte.
Um dia, ele se depara com uma bela Harley Davidson clássica com uma placa de "vende-se''. Após a inspeção, ele tem o prazer de encontrar a moto em ótima condição e fala para o proprietário: "Esta moto é linda! Vou levá-la, mas primeiro você tem que me dizer como mantê-la em boas condições".
"Bem", diz o vendedor, "é bastante simples''. "Apenas certifique-se de passar vaselina sobre o cromo da moto, se ela estiver do lado de fora e começar a chover. Isso vai protegê-la da chuva, e esse é o meu segredo. Na verdade, como você está comprando o moto, eu não vou precisar mais do meu tubo de vaselina. Aqui está, você pode ficar com ele", e o vendedor entrega o tubo de vaselina.
Então o jovem compra a moto e vai correndo mostrar a nova aquisição para a sua namorada. Ela ficou em êxtase (porque também era fã da Harley Davidson). Naquela noite, ele criou coragem e decidiu ir até a casa dos pais da namorada. Foi a primeira vez que ele ia ao encontro deles e queria deixar uma boa impressão. Quando os pais da sua amada chegam em casa, a namorada agarra o braço de seu namorado.
"Amor", diz ela, "eu tenho que lhe dizer algo sobre meus pais antes de você entrar. É realmente embaraçoso, mas é uma tradição da família. Enquanto comemos o jantar, nós não conversamos nada. Na verdade, a pessoa que diz qualquer coisa durante o jantar tem que lavar os pratos."
"Não há problema", diz ele com um sorriso. "Até me parece divertido". Então eles entram e vão em direção à sala de jantar. O namorado é surpreendido, porque bem no meio da cozinha tem uma enorme pilha de pratos sujos. Na verdade, toda a casa está cheia de pilhas deles. Isso não era brincadeira!
Eles sentam-se para jantar e, de fato, ninguém diz uma palavra. O jantar segue e o jovem rapaz fica cada vez mais entediado. Para apimentar as coisas, ele decide testar os limites deste jogo da família. Ele pega sua namorada e começa a despi-la na mesa de jantar.
Enquanto isso está acontecendo, ele pensa: "Hum, a minha sogra deve ter engravidado ainda adolescente, porque ela é linda e ainda bem jovem...", então ele agarra a mãe de sua namorada e faz a mesma coisa na mesa de jantar...
Mas, ainda assim, ninguém diz uma palavra.
De repente, começam fortes trovões e uma chuva pesada começa a cair. O namorado ficou desesperado por causa da sua moto Harley!
Ele tira a mão da sogra e puxa a vaselina do bolso, o pai então se levanta e grita:
"Tudo bem, tudo bem! Vou lavar todos esses pratos imundos agora mesmo!"
Fonte: Disponível na home page “Tudoporemail”.

OS RECÉM-CASADOS, AS CALÇAS E A CALCINHA


Um jovem casal recém-casado estava na suíte de lua de mel na noite de núpcias. Enquanto eles estavam se despindo para a cama, o marido - que era um grande homem (fisicamente falando) - jogou suas calças para sua noiva e disse: "Aqui, coloque isso."
Ela vestiu a calça, que tinha o dobro do tamanho do seu corpo. "Eu não posso usar suas calças. Ficam enormes em mim", disse ela.
"Isso mesmo!", disse o marido. "Isso é pra você nunca esquecer que eu sou o homem que usa as calças nesta família."
Com isso, ela tirou sua calcinha e disse: "Agora sua vez. Vista-a."
Ele colocou a calcinha até onde pôde, mas não conseguia tirá-la por nada. "Mas que diabos!", disse ele. "Eu não consigo tirar sua calcinha!"
Ela respondeu: "Isso mesmo, e é assim que vai ser até você mudar sua atitude autoritária".
Fonte: Disponível na home page “Tudoporemail”.

sábado, 16 de dezembro de 2017

Defesa de Dissertação em Saúde Coletiva (UECE) de Natália Lima Sousa


Flagrante da banca com a mestranda, logo após a Defesa de Dissertação da enfereira NATÁLIA LIMA SOUSA. Natália está ladeada pelas professoras Rosa Maria Pinheiro de Sousa e Maria Rocineide Ferreira da Silva, à esquerda, e por Marcelo Gurgel Carlos da Silva, à direita. (Foto cedida pela mestranda).
Aconteceu na manhã de ontem (15/12/17), na Universidade Estadual do Ceará, mais uma defesa de Dissertação de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (PPSAC) da UECE.
A banca examinadora, composta pelos Profs. Drs. Marcelo Gurgel Carlos da Silva, Rosa Maria Pinheiro de Sousa e Maria Rocineide Ferreira da Silva, aprovou o Projeto de Dissertação “Análise da equidade do financiamento federal na atenção primária no Ceará”, apresentada pela mestranda NATÁLIA LIMA SOUSA.
Com essa conclusão, completamos 43 (quarenta e três) orientados de mestrado.
Marcelo Gurgel Carlos da Silva
Professor do PPSAC-UECE

TRÊS HOMENS NA LUA-DE-MEL!


Três casais se casam e reservam o mesmo hotel para sua lua de mel, onde são atendidos por Davi, na recepção.
O primeiro homem é casado com uma enfermeira. Davi pensa sozinho: "Interessante, enfermeiras são conhecidas por serem intensas''.
O segundo homem casou-se com uma operadora de empresa telefônica. Davi pensa consigo mesmo: "Operadoras de telefone têm vozes sensuais".
O terceiro homem casou-se com uma professora da escola primária. Davi pensou consigo mesmo: "Coitado desse rapaz, os professores são muito rigorosos".
Na manhã seguinte, Davi estava no trabalho quando recebe um pedido de serviço de quarto para o homem casado com a enfermeira. Ele amargamente diz: "Nunca se case com uma enfermeira. Tudo o que eu ouvi na noite passada foi 'Você não é higiênico, você não é uma pessoa limpa'.''
Em seguida, o marido da operadora de telefonia chama e acidamente diz: "Nunca se case com uma operadora de telefonia. Tudo o que eu ouvi na noite passada foi: 'Seus três minutos estão acabando, seus três minutos estão acabando'."
No final da tarde, o marido da professora chama e diz feliz:
"Quando você se casar, não se esqueça de escolher uma professora. Tudo o que eu ouvi na noite passada foi 'Nós vamos fazer isso de novo até aprendermos direito'!".
Fonte: Disponível na home page “Tudopore-mail”.

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

APÓSTOLO PAULO


Por Luiz Gonzaga Fonseca Mota (*)
Paulo, anteriormente chamado Saulo, dotado de bom nível educacional, ia certa vez a caminho de Damasco procurando e prendendo cristãos. No trajeto ouviu uma voz dizendo: “Saulo, Saulo, por quê me persegues”? No mesmo instante uma forte luz brilhou e o cegou. A voz era de Jesus Cristo (At 9: 4-6). Ficou em Damasco, conforme estabelecido. Jesus enviou um homem chamado Ananias, para devolver-lhe a visão e batizá-lo (At 9: 17-19). Ocorreu a conversão de Saulo. De inimigo cruel tornou-se um dos grandes teólogos do Cristianismo. Começou a pregar e a escrever sobre os fundamentos básicos anunciados por Cristo. Suas Epístolas revelam, no Novo Testamento, a importância da Palavra de Deus, ou seja, da Bíblia. Paulo, segundo os estudiosos, foi autor de 13 Cartas, escritas a comunidades distintas. A coletânea “Corpus Paulino” é formada por sete Cartas “proto-paulinas (ele próprio as escreveu: Romanos, Gálatas, 1 Tessalonicenses, 1 e 2 Coríntios, Filipenses e Filémon) e seis “dêutero-paulinas” (escritas por seus discípulos: 1 e 2 Timóteo, Tito, Efésios, Colossenses, 2 Tessalonicenses). Nas treze Epístolas, estão evidentes o amor a Deus, ressaltando sobretudo a fé, bem como ao próximo, identificado nas propostas de solidariedade, de não corrupção e de justiça (Vide Carta aos Romanos 12:9-10). Sua missão, foi percorrer diversas comunidades, anunciando o Evangelho. Por sua vez, a incerteza, a ganância e a perplexidade generalizadas, hoje em dia, devem levar as populações a um processo de meditação, visando soluções de paz e de justiça. Como disse São Francisco de Assis: “Não vos esforceis pelas honras do mundo, mas honrai o Senhor”.
(*) Economista. Professor aposentado da UFC. Ex-governador do Ceará.
Fonte: Diário do Nordeste, Ideias. 24/11/2017.

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Homenagens da Turma de 2017 da Medicina da Uece




É com imensa alegria que informo ter sido um dos distinguidos com certificado e placa de “Professor Homenageado”, da Turma Dr. Pedro Braga Neto, a décima turma de concludentes do Curso de Medicina da Universidade Estadual do Ceará, concedidos por decisão dos graduandos de 2017, como reconhecimento da atuação docente.
Tal distinção é motivo de júbilo ainda maior para mim por ser essa a nona vez em que figuro entre os homenageados das turmas da MedUece.
A nova turma tem por patrono o Prof. Herivaldo Ferreira da Silva e, por paraninfo, o Prof. Daniel Bezerra de Castro.
A solenidade de entrega aconteceu ontem, dia 13/12/2017, na Noite de Hipócrates, realizada no Auditório João Frederico Ferreira Gomes da Assembleia Legislativa do Ceará, cabendo-me a responsabilidade de proferir o discurso de agradecimento em nome dos homenageados.
Aos recém-formados, expresso os meus sinceros agradecimentos pela distinção, que tanto dignifica a minha carreira docente, e os votos de uma vida profissional auspiciosa e humanamente enriquecedora.
Prof. Marcelo Gurgel Carlos da Silva
Docente do Curso de Medicina-Uece
 

Free Blog Counter
Poker Blog